quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

A MORTE DELA



A MORTE DELA

Se minha alma tivesse voz
ela gritaria em desespero
se pudesse criaria uma personagem
para representar meus erros
e nessa imensa viagem
estrelas eu contaria
para esquecer do que eu não sou
entretendo os outros dançaria
assim, eles veriam meu exterior
esquecendo como eu realmente seria
Se minha alma tivesse mãos
com certeza ela procuraria
um jeito de dar fim a essa busca
matando essa ansiedade a alma ela acalmaria.




Fim de férias, passando de arrasto pra dizer que ainda to viva. E dizer que me sinto triste. Nossa e um bom tanto. Não tenho motivos: estou na cidade encantada, na cidade onde todos casais deveriam ter uma lua-de-mel. No lugar que considero o ideal, náo por sua beleza, mas pelo clima aconchegante propício para ficar juntinho de quem se ama mesmo.



Alguém sabe explicar o vazio? A primeira vez que vim até aqui (contando as vezes que fiquei mais de 10 dias na cidade) foi mágico por ter a possibilidade de namorar em um dos locais mais calmos e tranquilos do mundo, na segunda foi um alívio pois recarregou minhas energias para o último ano de faculdade e esta vez está sendo um martírio, achei que iria melhorar e ao contrário só me sinto mal. Me sinto bastante hostilizada pelo meu anjo e sinceramente não sem razão, pois essa situação de conviver com alguém triste e suicida não é exatamente o sonho das pessoas.



É isso. Amo todas.


(Cada dia eu a admiro mais. Amy e sempre Amy: um dia serei como vc)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

½ FÉRIAS



Olá belas moças (os)! Ainda estou em férias, mas não pude esquecer-me das guerreiras que sempre me dão força e luz quando mais necessito. Vamos fazer tópicos com as novidades dessas últimas semanas (acontecimentos e sentimentos):

- Pude curtir as praias: da Penha (Armação), Navegantes, Piçarras, Taquara, Balneário Camboriú, Bombinhas, Sepultura, Mariscal e até Itapema/Meia-praia, Porto Belo, Bombas, Laranjeiras, do Pinho (algumas só de passado, outras banho mesmo). Sem falar que ficar duas quadras do parque temático do Beto Carrero é muito legal (não fui, mas dava pra ouvir os gritos das montanhas russas durante o dia).

- Meu anjo resolveu pular uma “vala” de esgoto na praia e ganhou de presente uma distensão muscular (com direito a perna roxa e tudo mais), resultado: sentado com gelo no pé e nada de praia (menos mal que no outro dia iríamos embora).



- Caí bonito com minha cunhada no meio de umas pedras na praia de Taquaras. Ela deslizou numa pedra com limo enquanto me entregava a câmera e machucou feio o cotovelo e eu num ato reflexo subi na pedra pra ver se ela não tinha batido algo grave e caí de bunda no outro lado ralando-a (seria trágico se eu não tivesse rido tanto). Todos pensaram que só ela tinha se machucado e só de noite quando eu saí do banho pingando sangue da toalha que todo mundo viu o que tinha acontecido comigo (mania de querer ser a fortona).

- Mesmo assim fomos muito corajosas e fomos em pedras nas outras praias, a vista recompensava qualquer risco, era lindo demais. E ela é uma pessoa incrível companheira.

- Alimentei-me direitinho, sem besteiras ou coisas proibidas. Exceto por um dia que troquei meu lanche da tarde por duas doses de cachaça (chegando ao bar pra jogar sinuca pedi uma dose de cachaça de hortelã e pedi o preço: “R$ 0,50”. Dae eu pensei: “Manguaça da braba, olha só onde fui parar”. Mas foi só.

- Um grão de areia entrou no meu olho e eu fiquei dois dias xarope. Por sorte encontrei um farmacêutico muito legal (tinha até ambulatório na farmácia) e conseguiu no segundo dia (após eu limpar o olho e passar corticóides em forma de colírio) retirar com um cotonete (francamente foi um alívio).



- Meus pássaros estão comigo e estou muito feliz.

- Virei estrelinha na praia. Pegamos um congestionamento nas ruas interpraias e como estávamos em mais carros começamos a buzinar, colocamos música funk no carro e eu rodava a sunga do meu anjo na janela, depois uma calcinha minha branca com bolinhas azuis, colocava o corpo pra fora do carro e gritava enquanto os motoras buzinavam e os argentinos e paraguaios riam da gente.

- Indo embora da praia, meu anjo não agüentou dirigir e acho que já comentei que tenho trauma por ter enroscado no portão na casa da minha mãe uma vez. Mas ok, paramos em um posto e troquei com ele. Tive que enfrentar meus demônios de todas as formas: congestionamento, sinaleira, trânsito em cidade, ruas estreitas, ultrapassagens e tudo mais.

- To com marquinha de biquíni. Agora em Curitiba estou na casa dos meus sogros e curtindo um inverno fora de época. Prefiro aqui.



Comecei o tratamento com Roacutan: terei uma pele esplendorosa e só terei que ter paciência e combater os efeitos colaterais (ressecamento da boca, pele e até olho). Meu anjo ainda está no gelo e estamos vendo TV, conseguimos convencer ele de sair de casa somente amanhã: no shopping ou nos parques. Não vou dizer que estou completamente realizada com essas férias, mas é sempre bom sair da rotina, é sempre bom exorcizar os demônios com um belo banho de mar: sentindo o vento na pele e o sal a causar-me alergia na pele.



FÉRIAS NA PRAIA


E o vento toca o rosto
Como um carinho, um encosto
E a maresia suaviza a mais áspera das peles
A natureza ameniza os sentidos supostos
Em cima daquela pedra alta
Na alta da maré exalta
Como é bom poder sentir
O sol queimar a face
As algas a emergir
As conchinhas a surgir
Nos pés massageados pela areia
Relaxar ao ouvir as ondas quebrar
No mar calmo e revolto
Esquecendo de mim, lembrando de ti
E sorrindo para o nada sem conseguir parar.


sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

IREI TE GANHAR



The Way you like it (Irei te ganhar por dentro)
Artista: Adema


Irei te ganhar por dentro
Irei de ganhar por dentro
Não viva com a vergonha
Porque os sentimentos mudam
E a reputação permanece
A razão por que
Você está querendo me levar pra casa esta noite
Isso tudo é a mesma coisa
Em cima no jogo
Todos de tudo
Eu não consigo acreditar que
Que você pôde achar aquela merda fr mim
Eu tinha assombrado no tormento que você colocou através de mim
Se você pôde ver bem através da ganância e tudo que você precisava
Você tinha percebido que você só é má comigo

Às vezes só eu lembro
Dos dias de quando eu era jovem
Hoje em dia ninguém se lembra de quando eles eram jovens e estúpidos
O jeito que você gosta disso
Venha baby, me ajude
Alguém em quem confiar
Irei de ganhar por dentro
Agora você está pedindo pra que eu fique



Minha vida tinha mudado
Mas foda-se a reputação
Eu fiquei o mesmo
Você não pode reclamar quando você pode pagar as contas e você reconhece as coisas que faz
Não jogue um ódio
Parabéns
Eu sinto falta da dor e do tormento que você colocou em mim
Então o que é medo quando tudo é claro e limpo?
Você imagina que poderá fazer as coisas que você quer fazer
Não dê de dentro
O que as pessoas dizem
Não seja tímido
Pra separar os sentimentos na sua cabeça que você não consegue separar



Você sempre pôde dizer que eu nunca seria uma merda
Eles sempre puderam dizer que eu nunca seria uma merda
Mas olha pra mim agora, olha pra mim agora

Irei te ganhar por dentro
Agora você está pedindo pra que eu fique
Irei te ganhar por dentro
Agora você está pedindo pra que eu fique
O jeito que você gosta disso



Bom, esse é o último post com data certa, ou seja, que sei que dia que irei escrever alguma coisa. Então já com metade das malas arrumadas e sabendo que vou levar junto meu anjinho de penas fico tranquila.
Minhas amigas eu não vou me drogas e nem beber é apenas uma vontade pela sensação de "loucura e ausência de medo do perigo". Não irei fazer isso e estragar tudo o que construi.



Vou de carro viajar, o que me tranquiliza, irei arrumar um vestidinho branco fofinho pra ir e arrasar quando chegar nos meus sogros, assim eles não me chamarão de magrela hehehe.

Beijos, paz e luz nos lindos corações de todas vcs e por lá eu acho um cabo de rede com certeza pra dar notícias e ver o blog de todas deixando uma marquinha em cada um.. amo-as.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

DOMINATRIX



DOMINATRIX

Sorrisinho inocente, verdade dissimulada
Ela te quer e vai te ter
E por mais que use seus artifícios
Ela sabe que você vai crer
Que ela detém em mãos todo poder
Língua afiada, sempre uma surpresa
Lamento querido hoje você é minha presa
Hoje você sofrerá amarrado e sem destreza
Na beira do abismo calmo
Ela suspira esperando ouvir o próximo salmo
Profanação prazerosa e renovadora
Capricho sujo e delícia enlouquecedora
Seu suor à noite, sua insônia
Culpa dela, suas curvas delineadas
A perfeição de seus lábios ela saboreava
É só sentir o perfume dela que você desnorteia
Todos os caminhos te levam a ela, bela sereia.
Sentada em sua poltrona confortável
Saia de vinil e botas pontiagudas
Acena com a mão de forma afável
A fumaça do seu charuto no cinzeiro é desagradável
Mesmo assim você não sabe voltar
Feitiço poderoso que irá saciar
Seus sonhos e seus medos acalmar
Amarrado e dominado por ela você imagina
Que não há nada no mundo que pudesse desejar
Que não fosse sua pele tocar.




Oi amadas! A cirurgia que ia fazer é estética e funcional ao mesmo tempo mas mais estética por isso preferi férias agora. Preparando o espírito para muita praia e pouco rock =(



Mas é assim mesmo. Não se pode conseguir tudo em um único lugar não é mesmo?



Bom...ando bastante depressiva, mas ao mesmo tempo sinto vontade de beber ou me drogar para sentir a alegria que isso gerava para mim. Queria me sentir exatamente assim como a moça da poesia, dominadora, dona de si e podendo tudo.
Sonhos, sonhos..


(Do you wanna fight me?)

Beijos nos corações amo todas Priss

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

SÉRIA E RESPONSÁVEL



Séria e responsável

Alguns a vêem como uma psicopata
Olhar frio e calculista
Esperando que caiam na enrascada
Sorrisos há muito tempo não são vistos
Mas embaixo do braço a leva de livros é algo previsto
Como ela é estranha e perfeita
Tão séria, compromissada, sempre a espreita
Faz tudo com cuidado, perfeccionismo
E quando vê os resultados sabe compará-los ao hedonismo
É como se tudo dependesse daquela função
Sua credibilidade, sua felicidade e concentração
Não se permite errar, acredita que seja algo para os fracos
Talvez esteja certa, mas porque sofrer tanto por certos atos?
E lá vai ela com a agenda perfeitamente preenchida
Em seus braços as várias obras literárias acolhidas
Para os próximos passos de sua vida.
(Será que ela está sendo vivida?)




Olá amigas do meu coração! Bom, como puderam perceber as cinco últimas poesias (contando com essa) são a descrição das cinco personalidades presentes e evidentes em mim. São cinco facetas diferentes em uma mesma pessoa: A perversa, a dócil, a intelectual, a sarcástica e a séria. Creio que todos temos dentro de nós essas características, algumas mais evidentes, outras menos.



Mudei totalmente meus planos, cancelei a cirurgia no peito e vou pra praia. Simples assim. Completamente insano. Vai ficar para julho a cirurgia. Estou muito triste por isso, mas percebi que meus pais ficariam com dificuldades de pagar sem se apertar e ouvi por acaso então por isso transferi. Minha mãe falou depois de eu ter decidido que para eles isso seria melhor: em julho terá dinheiro pra pagar à vista. Tenho muita vontade de chorar, porque sinto que não estou adiando um sonho e sim que eu o cancelei. Essa impressão que tenho no momento.



Quanto à praia imagino que será agradável. Preferia ir pra Curitiba curtir uma paz lá, gosto muito da cidade e sinto uma paz indescritível quando estou lá. Mas meu anjo quer praia. Então ok, como sempre, vamos pra praia.


(Essa é minha modelo virtual de como eu era antes com 63kg e como estou agora com 49kg)

Estou assustada pois de 52kg passei de uma semana para outra para 49kg. Não que isso seja uma reclamação. Mas que assusta isso assusta. Creio que seja o desânimo mesmo. A falta de perspectiva e votnade de sobreviver aos dias caóticos e sem graça, às chantagens. Mas isso vai passar... eu vou de férias pegarei um bronze e tudo irá melhorar.



Beijos nos corações.

sábado, 3 de janeiro de 2009

Engraçada ou sarcástica?



Sem controles

Não é qualquer piada que agrada
Moça exigente e descontrolada
Sua risada pode de longe ser ouvida
Quando bebe agindo como doida varrida
Como tirar-lhe um sorriso?
Agindo com insanidade
Ignorando a opinião sobre promiscuidade
Sentindo com o olhar o toque mais perverso
Você não está mais na terra, foi abduzido
Por esse interesse controverso
Que ela te desperta à situação conduzindo
Com um drink na mão torna-se sugestiva
Tornando a mais simples palavra subjetiva
Ah sim, ela vai te devorar
Com suas risadas descontroladas
Sua graça irá te desorientar
Deve ou não toca-la?
Sugiro que não. Ela pode querer experimentar.
Acredite: fique longe enquanto há tempo
Pode ser divertida, engraçada
Mas quando bebe não tem como ser controlada.
Você será apenas mais um brinquedo descartável
Nas mãos da menina divertida que mentiu
Para encontrar a diversão que você consentiu
E amanhã será a piada perversa que da boca dela surgiu.
Igual aquela que, anteriormente, dela você ouviu.




Olá seres iluminados! Passou da meia-noite e isso significa que já é domingo. Estou na cama com meu notebook, quanto meu anjo joga no pc. Estou aqui sonhando um pouco mais com o dia que criarei minhas asas e poderei me tornar uma verdadeira wrestler. Grande utopia não é? Mas eu não vejo um futuro igual o das outras mulheres para mim. Espero que se não conseguir fazer exatamente isso eu consiga me realizar pessoalmente e profissionalmente nas outras áreas que amo.



Mudei um pouco o layout: preto é a cor que me fascina e vermelho fogo diz um pouco da instabilidade que eu sou. Espero que tenha ficado legal. Também coloquei umas músicas mais up.



Nesse momento escuto Keith Urban, e o embalo da sua música me faz sentir o vazio dentro de mim. O vazio que nem eu sei como preencher. Me contem por favor: o que me falta? O que nos falta? Porque ser assim? Porque preferir a solidão e isolamento? Porque se culpar tanto?
ACHO QUE VCS TBM NÃO CONSEGUEM RESPONDER. É tão mais fácil resolver a vida dos outros... aconselhar. Enquanto isso esquecemos de nós mesmas e de nossas dúvidas.



Beijos nos corações e luz para os dias nublados quando vocês sentirem que está difícil ver o sol.
Amo todas
Priss

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

A INTELECTUAL



A INTELECTUAL

Sua intelectualidade seduz
Seu olhar enigmático assusta
E quando ela carrega a cruz
todos pensam que ela é bruxa
Analisa todas as coisas de mil maneiras
Pode ser sério, útil, inútil e a pior besteira
Adoradora dos livros enigmáticos
gosta de mergulhar em seus contos pragmáticos
Nas entrelinhas das palavras faz a leitura
da vontade alheia obscura
da mesma forma que aprendeu nos livros
fazendo deles seu único partido
Não, ela não faz-se de sorrisos
Alimenta-se de letras e palavras
ela não caminha pela estrada
e sim, pelas entrelinhas das palavras
pelos páragrafos indecifráveis
e lá fica ouvindo da própria mente palavras amáveis
Os outros a vêem como algo estranho, inalcançável
ela assumiu essa identidade: sua auto-estima inabalável
Refugiando-se nas perguntas
procurando sempre respostas e hipóteses para um assunto
Ela e os livros uniram-se
Agora são um só ser e não mais um conjunto.




Olá meninas encantadas! Como foi o ano novo? O meu foi bem "chinfrin". Sem graça. Mas espero que o ano seja legal e muito divertido. Dia 3 tem subúrbio rock fast em uma cidade vizinha e pretendo ir com minha amiga alma-gêmea. Será mt divertido!
De resto: alimentação perfeita, não pequei em nada.



Estou estável. Nem alegre e nem triste. Isso já é grande coisa.


(Poderosaaaaa)

Beijos nos corações, paz e luz pra todas princesas encantadas!